Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Coronavírus
Campanha Agosto Lilás alerta sobre a violência contra a mulher

Publicado em 07/08/2020 às 23:09 - Atualizado em 12/08/2020 às 15:45

A campanha Agosto Lilás não passará em branco no município de Belmonte. A Administração Municipal, por meio da secretaria de Assistência Social e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), por conta da pandemia da Covid-19, está realizando ações de conscientização pelo fim da violência contra a mulher, usando as redes sociais e grupos de Whatsapp. A campanha visa mostrar para a população a importância da prevenção e enfrentamento à violência contra a mulher, para que façam denúncias de agressão, podendo ser física, psicológica, sexual, moral e patrimonial.

A violência contra a mulher é uma violação de direito e um grave problema de saúde pública. As profissionais da secretaria municipal de Assistência Social e do CRAS de Belmonte, destacam que os atos de violência podem ter consequências sérias, tais como mortes, traumas físicos, lesões e vários tipos de agravos psicológicos, diminuindo a qualidade de vida das mulheres e, consequentemente, de suas famílias, gerando prejuízos à sua autonomia e seu potencial. Citam ainda, que a violência pode provocar doenças sexualmente transmissíveis, como gravidez indesejada, distúrbios sexuais, depressão, entre outras.

Nesta mesma campanha, a secretaria municipal de Assistência Social e o CRAS, também estão inserindo a violência contra a pessoa idosa, crianças e adolescentes, em virtude de que os eventos anuais realizados no município relativos a cada data, neste ano, foram inviabilizados pela pandemia do novo coronavírus. A campanha, englobando todas as formas de violência, busca chamar a atenção da sociedade para essa situação, incentivando as vítimas de violência a denunciarem agressões, possibilitando a intervenção dos órgãos competentes, que irão identificar e punir os agressores. As denúncias podem ser feitas pelos telefones 99128-0429 (Polícia Militar), 3625-0159 (secretaria de Assistência Social) e 3625-0080 (CRAS).