Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Projeto “Parceiro Anjo” incentiva o empreendedorismo juvenil

Publicado em 19/07/2021 às 08:40 - Atualizado em 19/07/2021 às 08:43

Ação busca ampliar possibilidades de jovens no empreendedorismo

A prefeitura de Belmonte, por intermédio da Secretaria de Assistência Social e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), em parceria com a LB Soluções em Inclusão Social e Sebrae, laçou o Programa Parceiro Anjo no município. A ação visa despertar o empreendedorismo na juventude como estratégia para a inclusão social, acesso ao mercado de trabalho e fortalecer o empreendedorismo de base. A iniciativa utiliza a metodologia do Programa Crescendo e Empreendendo do Sebrae/SC e é coordenado pela LB Soluções. O município faz o aporte financeiro e estrutural para execução das aulas.

O projeto Parceiro Anjo, segundo o educador social e empreendedor Luis Alberto Schoingele, busca desenvolver competências comportamentais para fortalecer nos jovens participantes a capacidade de transformar o mundo em que vivem, ampliar suas possibilidades de realizar seus sonhos, de se preparar para enfrentar riscos calculados e mudanças, além de aumentar a rede de contatos. Até agora são 20 jovens inscritos, com idade entre 14 e 19 anos. Ainda há cinco vagas.

Os participantes são estimulados a terem atitudes empreendedoras apoiadas, sobretudo, na responsabilidade, na cooperação, na criatividade, na inovação e na sustentabilidade ambiental, que contribuam de algum modo para sua realização pessoal e profissional.

Entre os impactos positivos para a sociedade observados nos municípios que já executaram o Projeto Parceiro Anjo estão: interromper o ciclo de violência; fortalecer características e comportamentos empreendedores; atuar no protagonismo juvenil; reduzir a evasão escolar; inserção no mercado de trabalho e incentivar novas atividades econômicas.

Para o prefeito, Jair Giumbelli, iniciativas como essa mostram aos jovens o caminho para um futuro mais promissor. “É uma oportunidade que os jovens tem para mudar e traçar seu futuro. Chegar ao mercado de trabalho, seja como colaborador ou empreendedor, com uma base de conhecimento como oferecida pelo projeto, dá a eles (jovens) mais chances de despontar e crescer”, analisa o prefeito.

O Projeto tem carga horária de 40 horas e é dividido em oito encontros, que são realizados nas terças-feiras no Centro Social do município. As próximas atividades contemplarão: metodologia do programa Crescendo e Empreendendo (20, 21 e 22/07); consultoria e elaboração de currículo (27/07); primeira aula prática com produção de alimentos (03/08); roda de conversa como empreendedores (10/08); segunda aula prática com produção de alimentos (17/08); gerenciamento do negócio e avaliação do projeto (24/08) e cerimônia de entrega de certificados (24/08).

A iniciativa é uma das práticas deferidas pela Equipe da 14ª edição do Prêmio Innovare 2017, na categoria Justiça e Cidadania.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar